Mantecal Tradicional (Espanha)

Mantecal é uma receita tradicional espanhola de biscoitos extremamente simples e fazer e verdadeiramente deliciosos. Estes doces, muito usuais em ocasiões de festa, mas populares durante todo o ano, são muito suaves e derretem-se rapidamente na boca.

Apresentamos a receita simples, com a opção de acrescentar canela à massa, uma vez que, em Espanha, este é um ingrediente também muito utilizado na preparação destes maravilhosos biscoitos.

Ingredientes:

(para cerca de 70 biscoitos)
  • 250 g de açúcar
  • 250 g de banha
  • 500 g de farinha de trigo
  • canela em pó q.b.

Confeção:

Misture a banha com o açúcar até obter um preparado cremoso.

Adicione a farinha e amasse até formar uma massa compacta e homogénea.

Acrescente a canela e faça bolinhas, calcando ligeiramente a superfície com o dedo ou com um  garfo.

Leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180° C, durante 15 minutos. Passado esse tempo, verifique se o fundo está dourado (não deixe escurecer demais, pois ficarão duros. O segredo é tirar os  biscoitos do forno assim que o fundo esteja dourado; no topo irão parecer crus, mas é essa característica que faz com que, ao arrefecerem, derretam rapidamente na boca.).

Bolo Creole de Frutas (EUA)

O Bolo Creole de Frutas é típico dos Estados Unidos da América, consistindo numa receita farta, apelativa e saborosa. A sua apresentação e o recheio com frutos secos, tornam este bolo numa excelente opção para o Natal ou passagem de ano.

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 colher (café) de fermento em pó
  • 225 g de açúcar
  • 230 g de manteiga
  • 240 g de farinha de trigo
  • 4 ovos
Para o recheio
  • ½ colher (café) de cravo em pó
  • ½ colher (café) de noz-moscada
  • 1 colher (chá) de canela
  • 1 pitada de sal
  • 100 g de ameixas picadas
  • 100 g de laranja cristalizada picada
  • 100 g de nozes picadas
  • 360 ml de conhaque
  • 360 ml de whisky
  • 400 g de açúcar mascavado
  • 400 g de sultanas
  • 900 g de passas
  • gotas de baunilha q.b.
Para a cobertura e decoração
  • 2 colheres (sopa) de água
  • 300 g de geleia de damasco
  • nozes pecãs q.b.

Confeção:

De véspera, misture os ingredientes do recheio e leve a cozinhar, em lume brando, durante 15 minutos. Passado esse tempo, retire e deixe arrefecer.

Coloque no frigorífico até o dia seguinte, numa tigela tapada.

Para a massa, bata a farinha, o fermento, o açúcar e a manteiga até formar um creme. Ponha os ovos, um a um, e bata bem a cada adição. Acrescente o recheio e mexa bem.

Deite o preparado numa forma redonda, forrada com papel-manteiga untado, e leve a cozer, em forno pré-aquecido a 150º C.

Para a cobertura, aqueça a geleia, misturada com a água.

Pincele a superfície do bolo, depois de cozido, com metade da geleia. Disponha as nozes a gosto e pincele com a geleia restante.

Torrão Real (Évora)

Este doce conventual, também conhecido como Torrão Real de Ovos ou somente Torrão de Ovos é um dos ex-libris da doçaria regional de Évora. Em termos de sabor, é qualquer coisa de divinal, sendo particularmente apreciado por quem gosta de sobremesas muito doces.

O único senão, como em qualquer iguaria da doçaria conventual, são as calorias, uma vez que leva uma grande quantidade de gemas e açúcar e amêndoa. Além destes ingredientes muito presentes na doçaria conventual, o Torrão Real também leva natas, que o tornam ainda mais calórico. Mas o sabor compensa em larga escala o peso na balança… 😉

Ingredientes:

Para 10 pessoas
  • 125 g de amêndoa pelada e moída
  • 15 gemas
  • 150 ml de natas
  • 250 ml de água
  • 500 g de açúcar
  • canela em pó q.b.

Confeção:

Leve o açúcar e a água ao lume, deixando ferver até atingir o ponto de espadana (cerca de 3 minutos, quando, ao mergulhar uma colher na calda, esta formar uma espécie de lâmina ao cair).

Retire a calda do lume e, estando morna, junte o miolo de amêndoa moído, as gemas batidas e as natas. Bate muito bem para ligar bem os ingredientes.

Leve de novo ao lume, em lume brando, e mexa até as gemas estarem cozidas. Retire do calor quando a mistura atingir o ponto de estrada (ao passar a colher, vê-se o fundo do tacho).

Deite o doce numa taça funda ou em taças individuais e polvilhe com canela a gosto.

Manjar Real

Esta sobremesa conventual, à base de galinha, amêndoas, pão, gemas e açúcar, integra o receituário das freiras beneditinas do Mosteiro de São Bento de Avé-Maria, no Porto, cujo edifício foi demolido no final do séc. XIX. O doce, que dominou em Portugal todo o século XVIII, foi criado a partir da receita do Manjar Branco, que inicialmente também era feito com galinha.

Ingredientes:

(para 12 pessoas)
  • 1 galinha
  • 1,5 kg de açúcar
  • 1,5 l de água
  • 1,5 kg de miolo de amêndoas
  • 1,5 kg de miolo de pão
  • 24 gemas

Confeção:

Coza a galinha na água. Quando estiver pronta, pique a carne e pise-a num almofariz.

Coe o caldo da cozedura num pano húmido, para retirar a gordura. Deite algumas gotas do caldo sobre a carne, para que fique reduzida a uma massa.

Parta o miolo de pão em pedaços e ensope-os no caldo. Esprema e adicione a galinha.

Passe o preparado por uma peneira fina ou, se preferir, pelo passe-vite.

Pise as amêndoas e junte-as à massa da carne.

Bata as gemas até ficarem bem ligadas.

Coloque o açúcar num recipiente, diluído num pouco de água, e leve ao lume até obter ponto de espadana (cerca de 3 minutos de fervura, quando, ao deixar cair um pouco de calda, esta forma uma espécie de lâmina).

Retire a calda do lume e misture-lhe os restantes ingredientes.

Ponha o tacho novamente ao lume e deixe engrossar até que amassa obtenha uma consistência idêntica à de um creme grosso.

Deite o doce numa travessa ou taça e sirva. Para uma apresentação ainda mais apelativa, polvilhe com amêndoa palitada.

Panetone Light

Deixamos-lhe a receita para saborear o seu panetone com menos calorias, mas com todo o sabor.

Ingredientes:

  • ¼ chávena (chá) de água morna
  • ¼ chávena (chá) de leite magro
  • ¼ chávena (chá) de margarina light
  • ½ chávena (chá) de figos e damascos secos
  • ½ chávena (café) de castanhas
  • ½ colher (chá) de sal
  • ½ colher (sopa) de essência de panetone
  • 1 colher (sopa) de adoçante
  • ⅜ chávena (chá) de suco de laranja
  • 1 ou 2 ovos (dependendo do tamanho)
  • 15 g de fermento de padeiro
  • 400 g de farinha

Confeção:

Junte o fermento, os ovos, o suco de laranja, o leite, a água, a essência de panetone e o sal no liquidificador. Deixe bater bem até obter uma massa homogénea, desligando a meio para acrescentar o adoçante.

Acrescente aos poucos as frutas, a castanha e a farinha e misture bem com as mãos até obter uma massa lisa e mole.

Ponha numa forma própria para panetone e deixe levedar até a massa transbordar. Depois leve ao forno, pré-aquecido, durante 40 minutos.

Retire e reserve 24 horas antes de embalar.

 

Dica:

Lave as passas e frutas cristalizadas para lhes retirar açúcar desnecessário e tornar a receita do panetone verdadeiramente light.